CASO NARA: Julgamento de homem que teria matado e escondido corpo de servidora em geladeira acontecerá nesta terça

Relacionamento de Marcos e Nara durava cinco anos, não havendo nenhum registro de violência.

OSÓRIO – Passado mais de quatro meses da morte de Nara Denise dos Santos, Marcos Falavigna, o responsável pelo feminicídio, irá a julgamento nesta terça-feira (21). No último dia 06 de janeiro, a Brigada Militar (BM) encontrou parte do corpo de Nara concretado dentro de uma geladeira, em um imóvel no bairro Sul Brasileiro. Na ocasião, o ex-companheiro da vítima confessou ter matado Nara. Ele foi preso e conduzido a Penitenciária Modulada Estadual de Osório (PMEO), permanecendo a disposição da Justiça.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o homem, que é Pai de Santo, chegou a declarar que teria cometido o crime por estar “possuído por uma entidade maligna”. Não bastasse isso, o indivíduo, de 38 anos, teria utilizado o celular da vítima se passando por ela nas redes sociais. Nara e Marcos mantinham um relacionamento há cinco anos, sem histórico de ocorrências policiais ou relatos de violência. A osoriense de 62 anos era aposentada e não possuía filhos.

MANIFESTAÇÃO SILENCIOSA

Nara Denise foi servidor municipal, tendo trabalhado por mais de 20 anos no setor Administrativo da prefeitura. Ela era filiada ao PDT, chegando a concorrer ao cargo de vereadora na Eleição de 2020, quando recebeu 108 votos, não sendo eleita. Ao que tudo indica, a vítima pretendia concorrer novamente a um cargo no Legislativo osoriense nas Eleições deste ano.

A Ação da Mulher Trabalhista (AMT) do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Osório convida a todos para uma manifestação silenciosa durante o julgamento. Incialmente marcada para 30 de abril, a Audiência acontecerá na tarde de hoje (terça), no Fórum da cidade, a partir das 14h.

Já o ato está previsto para iniciar às 13h e 30min, em frente ao Fórum. Segundo a AMT, a o ato será apartidário, sendo aberto a toda comunidade. Haverá distribuição de material, mas os interessados em participar, também podem levar seus cartazes e faixas. A organização pede que, de preferência, todos os participantes usem camiseta ou roupa branca.