PMs que estavam trabalhando na Cadeia de Porto Alegre retornam ao Litoral

Policiais se apresentaram ao comandante do CRPO Litoral na segunda-feira (11). - FOTO: BM

No último dia 31 de agosto, os 184 Policiais Militares (PMs) que estavam atuando no antigo Presídio Central de Porto Alegre, deixaram o comando do local, após um período de obras. Com isso, o presídio, que passou a ser chamado de Cadeia Pública de Porto Alegre (CCPA), retornou ao comando da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), a qual contará com a atuação de 172 agentes.

Após atuarem na capital, os Policiais Militares (PMs) cedidos deverão retornar aos seus municípios de trabalho. Sendo assim, nove PMs retornarão a atuar na área do Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Litoral Norte (CRPO Litoral). Na segunda-feira (11), alguns deles estiveram na sede do CRPO, em Osório, onde se apresentaram ao tenente-coronel Ney Humberto Fagundes Medeiros. Na ocasião, os brigadianos entregaram ao comandante do CRPO a Moeda do Grupo de Apoio e Movimentação da BM na CPPA, em reconhecimento pela cedência de efetivo do Comando Regional à casa prisional.