Operação Mobile fiscaliza estabelecimentos da região

Agentes fiscalizaram 24 estabelecimentos nas cidades de Capão da Canoa e Tramandaí.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública, por meio da Brigada Militar (BM), deflagrou na quinta-feira (26), mais uma etapa da Operação Mobile Integrada. O objetivo dos trabalhos é coibir furtos e roubos de celulares, além da comercialização irregular dos aparelhos.

A ação, realizada nas cidades de Capão da Canoa e Tramandaí, contou com a participação da Secretariada Polícia Civil (PC), do Instituto Geral de Perícias (IGP), do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e de órgãos de fiscalização dos dois municípios. Ao todo, foram vistoriados 24 estabelecimentos.

Em Capão, 16 locais foram visitados, sendo três deles autuados por apresentarem irregularidades. Os agentes inspecionaram 39 aparelhos, sendo um apreendido por não possuir procedência. O proprietário do estabelecimento onde foi recolhido o celular foi preso por receptação e levado à Delegacia de Polícia (DP) para registro de ocorrência. Já em Tramandaí, dos oito comércios visitados, um acabou sendo notificado pelos Bombeiros por apresentar irregularidades no alvará de funcionamento, sendo o proprietário autuado. Conforme a Brigada, novas ações como essa devem ser realizadas na região nas próximas semanas.

Celular sem procedência foi apreendido em Capão da Canoa. – FOTO: BM