Traficantes são presos no Litoral Norte

Ação em Terra de Areia apreendeu, objetos, mais de um quilo de entorpecentes e aproximadamente 1,3 mil reais. - FOTO: PC

Segue intensificado o trabalho no combate ao tráfico de drogas em todo o Litoral Norte gaúcho. Durante a segunda-feira (16), os agentes da Polícia Civil (PC) iriam cumprir um mandado de prisão em um endereço de Terra de Areia, quando chegaram ao local, no bairro Novo Curumim, e avistaram um homem abordo de um veículo estacionado em frente à casa.

O indivíduo, ao perceber a presença dos policiais, tentou fugir, mas foi capturado e preso. No carro, foram apreendidas porções de maconha e crack, além de um aparelho celular e R$ 1.269,00 (mil duzentos e sessenta e nove reais). Já em buscas na residência, os policiais encontraram mais porções de entorpecentes, totalizando mais de um quilo de drogas apreendidas. Além disso, também foram recolhidos diversos objetos, incluindo uma balança de precisão.

Diante dos fatos, o criminoso foi preso e levado à Delegacia de Polícia (DP), onde foi registrada ocorrência.

9,5 QUILOS DE DROGAS APREENDIDAS

A Brigada Militar (BM) foi acionada na terça (17), após receber informações de que seria realizada a entrega de drogas em um endereço de Capão da Canoa. Após buscas na região, os agentes do 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPAT) localizaram os suspeitos no bairro Santa Luzia e realizaram a abordagem.

O homem, de 20 anos, e a mulher, de 18 anos, estavam carregando uma mala contendo 16 tijolos de maconha e oito porções menores da mesma droga, totalizando 9,5 quilos de entorpecentes. O casal foi preso e levado a DP de Capão para registro de ocorrência.

Ação em Capão apreendeu 16 tijolos e oito porções de maconha. – FOTO: BM

MORTE E APREENSÃO EM CIDREIRA

A BM foi acionada no final da noite de quarta-feira (18), depois que moradores ouviram tiros na Rua Nossa Senhora Aparecida, em Cidreira. Os Policiais foram até o local indicado e encontraram um homem morto dentro de uma residência. A vítima, que não teve a identidade divulgada, é natural de Osório e possuía diversos antecedentes por tráfico e posse de entorpecentes.

Conforme a Brigada, a irmã da vítima, que tem passagens por porte ilegal de arma de fogo e tráfico, teria relatado que dois homens armados invadiram à casa gritando “Polícia, Polícia” e atiraram contra o homem, fugindo, logo após. A residência foi isolada para Perícia e iniciaram as investigações sobre o caso. Vale ressaltar que os suspeitos seguem foragidos.

A suspeita é que a morte tenha sido motivada por disputa de tráfico na região, visto que no imóvel os PMs encontraram 110 tijolos de maconha e porções de cocaína. Além disso, também foram apreendidas balanças de precisão, celulares e cadernos com anotações sobre a venda dos entorpecentes. Diante dos fatos, a mulher acabou sendo presa. Ela foi conduzida a Delegacia e, posteriormente, encaminhada ao sistema prisional, onde permanecerá a disposição da Justiça.

Policiais apreenderam 110 tijolos de maconha em casa onde homem foi morto em Cidreira. – FOTO: BM