PRAGAS DA ESQUERDA

O Brasil estará logo completando quatro anos sob pragas que afetam a todos os brasileiros, há quem se diga que pega somente em alguns, mas logo a esquerda poderá ser expurgada como foi a praga exterminadora da economia que foi parcialmente aniquilada com o processo de impeachment. Como foi parcialmente logo se viu o surgimento da nova praga que foi até agradecida pelo descondenado por ter vindo, que foi a pandemia. Nesta vez a praga encontrou resistência, mas revelou que a ciência no Brasil realmente definha, pois muitos “especialistas” descobriram que um vírus nada, voa, mergulha, ataca, reside em ambientes abertos e que ainda toma banho de sol a beira mar. Quem não lembra das proibições de caminhar na praia, de interditarem acesso a beira mar, de cobrirem de lona preta em supermercados produtos não comestíveis sob risco de infecção. A sandice de que sacolas de compras deveriam ser “descovidadas” para entra em casa. A praga maior se viu nas telas da televisão e entrevistas com políticos aproveitadores do medo da população para se tornarem imperadores do poder .Até mesmo o STF permitiu que os mais de 5.500 prefeitos espalhados pelo país e mais os 24 governadores fossem ditatoriais e tiveram o poder de fechar comércios, fábricas e paralisar a economia com a frase surrada de “salvar vidas e depois a gente vê a economia”. Onde deveriam ter sido rigorosos que seria a higienização das mãos, uso de máscara e aglomerações, principalmente em ambientes fechados a preocupação foi de causar temor à população e a qualquer tentativa de tratamento alternativo. Então assim colocaram todos no brete da vacina experimental sem saber se isto seria o recomendável quando o ciclo viral de contaminação já estava em queda. Mas o importante é que a esquerda conseguiu criar o clima e o ambiente favorável para impingir sua praga de domínio, aproveitando que a população já estava refém.

Tão logo a pandemia foi amenizando viu-se um STF e TSE dominado por comunistas de carteirinha impor a descondenação do maior ladrão e corrupto da história do país. Precisavam os comunistas e esquerdistas abobalhados pela maconha seguir as orientações de tomada do poder com os instrumentos democráticos e isto foi fielmente cumprido e chegou-se ao intento. Até mesmo as Forças Armadas mostraram-se submissas para a vergonha nacional e desonra de seus heróis antepassados que impediram a ascensão do comunismo. Uma vergonha total para com soldos e mordomias vantajosas que nada mais são do que do dinheiro que falta para a educação, saúde e segurança do povo.

A população brasileira reagiu contra esta praga que estava sendo imposta em nossa pátria. Então, mais um duro golpe foi arquitetado para subjugar a população ordeira e trabalhadora onde as manifestações com vandalismo de outrora da esquerda não mais foram realizadas e o povo foi às ruas suplicando pela verdadeira Democracia que já estava corroída. O dia 8 de janeiro foi mais uma praga aplicada pelos canalhas comunistas e assim manter a marionete corrupta no poder, abrindo espaço para a horda de bandidos se locupletarem com os recursos públicos. A este meliante nacional não importa o povo, mas sim sua ganância pelo poder e dinheiro acompanhado de mordomias das mais variadas.

Conseguiram transformar manifestantes em terroristas, mas não reconhecem terroristas como Hamas que matam, estupram e degolam crianças por simples fanatismo. Desconsideraram todo o holocausto de uma 2ª Guerra Mundial desconhecendo a história e seus terrores praticados. A esquerda que hoje aí está é a mesma que se disse aterrorizada pelo regime militar, mas se assim foi como estariam estes agora se regozijando com o erário público?

O que nossos antepassados fizeram foi evitar que estas pragas se instalassem no país, pois as doenças que vitimaram milhões de outrora em pandemias, em nada se pode comprar ao que foi a pandemia da Covid que foi politizada e desconsiderou a ciência.

A praga do comunismo está crescente no Brasil, mas o mínimo que se espera é que o Congresso Nacional que deve representar os anseios do povo cumpra com sua parte sob o risco de uma convulsão social diante de tanta barbárie.

Que logo venha a solução para mais esta praga e que o povo brasileiro possa viver com dignidade e usufruir da riqueza deste nosso grande país.