Bispo Dom Jaime realiza viajem à África

Acompanhado do professor Benê (esquerda), da Irmã Lourdes e do Padre Henrique (direita), Dom Jaime embarcou para Moçambique em 04/10. - FOTOS: Victória Holzbach

OSÓRIO – Na quarta-feira (18), o Bispo Dom Jaime Pedro Kohl retornou de viajem à África, onde esteve realizando diversas ações. Acompanhado de três missionários, Dom Jaime embarcou para Moçambique no dia 04 de outubro. Entre eles estava o professor Benedito Ataguile. Natural de Torres, o professor Benê, como é conhecido, dedicou muitos anos ao ensino de Biologia, mas agora se tornará missionário, integrando uma equipe composta por outros cinco membros.

O grupo trabalhará pelo período de três anos no Projeto Igrejas Solidárias, uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Regional Sul 3. As ações serão realizadas nas paróquias do Litoral da Província de Nampula, no Norte de Moçambique. Vale ressaltar que, antes da viajem, Dom Jaime, bispo referencial para a Missão no Regional Sul 3, presidiu uma Santa Missa no dia 01/10, na Igreja Santa Luzia (Torres), abençoando a viajem de Benedito e o resto dos companheiros.

Bispo de Osório durante celebração na Paróquia São Miguel Arcanjo.

A VIAJEM

Já em Moçambique, no dia 08, Dom Jaime realizou uma celebração na Paróquia de Micane. A manhã marcou a acolhida das irmãs Filhas do Amor Divino: Rita Finkler, Ilca Welter, Maria Madalena de Andrade e Lourdes Dill no local, além do padre Henrique Neis e do professor Benê para a equipe missionária de Moma, completando a equipe que contará ainda com o padre Luiz Weber e a leiga Maria Bernardete Acadroli. Segundo o Bispo, foi uma celebração “vibrante e festiva” na comunidade sede da Paróquia São Miguel Arcanjo, em Micane, e que o povo ficou “muito agradecido pelos reforços que chegaram” para o trabalho Missionário.

Dom Jaime ao lado da equipe Missionária de Moma e Micane.

Ainda durante a passagem pelo continente africano, Dom Jaime realizou outras atividades, incluindo uma celebração na região de Jacoma, também em Moçambique, no dia 11/10. Antes de retornar para o Brasil, ele ainda conheceu a Delegação Mamã Muxima, dos Pobres Servos da Divina Providência em Luanda, Angola. O Complexo conta com uma escola, que atende mais de 1,5 mil alunos, além de um Instituto Médio de Saúde e um grande hospital.