GAO vence Xangri-lá fora de casa e se classifica para as quartas de final do Serramar

Equipe osoriense conseguiu classificação ao derrotar Xangri-lá pelo placar de 2 a 0.

O domingo (22), foi de definição dos últimos classificados para o mata-mata do Campeonato Serramar – Banrisul de Futebol. Ao todo, seis equipes brigavam pelas últimas quatro vagas nas quartas de final da competição. O Grêmio Atlético Osoriense (GAO) foi à Xangri-lá precisando vencer para conseguir avançar.

E o time de Osório começou em cima: Logo aos três minutos de jogo, em cobrança de escanteio, o goleiro Tiago Selau precisou sair do gol para dar um tapa na bola e afastar o perigo. Mesmo o GAO tendo a posse da bola, quem quase marcou foi a equipe da casa. Aos nove minutos, Samuca cruzou e Jorge Mauá cabeceou livre na pequena área, para fora. Mas, o auxiliar levantou a bandeirinha, marcando impedimento.

O jogo seguiu com poucas chances de gol. Aos 15min, Choco (GAO) cobrou falta e a bola foi por cima do gol de Tiago. Aos 18min, em saída errada do GAO, Jorge Mauá entrou na área cara a cara com o goleiro Presli, mas quando ia finalizar, o árbitro Érico Carvalho acabou marcando falta do atacante do Xangri-lá, em cima de Jeferson.

SUSTO! Aos 24 minutos, em lance de ataque do GAO, o volante Jeferson e lateral Lessa, (ambos do GAO) se chocaram de cabeça e o volante acabou levando a pior, precisando de atendimento. Após três minutos de paralisação para atendimento do atleta, o jogo recomeçou, com Jeferson em campo.

Quando a primeira etapa se encaminhava para terminar sem gols, o GAO conseguiu abrir o placar. Aos 37min, Jefinho recebeu na ponta da área e acabou sendo tocado. A bola sobrou para Lessa, que bateu de primeira, acertando um belo chute para fazer 1 a 0 para o time do GAO. O resultado era o suficiente para confirmar a classificação da equipe osoriense para a próxima fase da competição. Ainda antes do intervalo, aos 45min, Nunes (Xangri-lá) cobrou uma falta e a bola passou perto, terminando a primeira etapa com vitória do GAO.

2º TEMPO

Mesmo já classificado, o Xangri-lá não queria perder diante da sua torcida e começou em cima na segunda etapa. No primeiro minuto, após cobrança de escanteio, Wagner tentou de bicicleta e a defesa do GAO afastou. Na sequência, em outra bola para área, Jorge chutou prensado e a bola ficou com Diego, que saiu jogando.

A resposta do GAO foi rápida. Aos sete minutos, Lessa cobrou falta na entrada da área, a bola desviou na barreira e saiu ao lado do gol. No escanteio, Tiago Selau tirou de soco e Flávio Torres finalizou, mas o árbitro parou a jogada, marcando falta no goleiro do Xangri-lá.

Na tentativa de deixar o time mais ofensivo, o técnico Duda (Xangri-lá) tirou o volante Gustavo e colocou o atacante Nandinho, dando mais velocidade a equipe da casa. Mas, foi o GAO que quase marcou. Aos 13, Jefinho cruzou, Diego desviou e Flávio Torres cabeceou fraco para defesa segura de Tiago Selau.

PRESSÃO DO XANGRI-LÁ

Aos 15min, Iago fez um lançamento longo para Nandinho, que sozinho na pequena área cabeceou por cima. Aos 17, em outro cruzamento de Iago, dessa vez para Xu, Barão apareceu para desviar, colocando a bola para linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, Léo Bitencourt desviou de cabeça e Jorge Mauá finalizou fraco para a defesa de Presli. Já aos 20min, Nandinho pegou de primeira e Presli fez boa defesa. Na sequência, Xu colocou na área e o goleiro do GAO subiu de soco para afastar.

LÁ E CÁ

Com apenas dois jogadores no banco de reservas, o GAO seguiu se segurando lá atrás e tentava dar uma resposta nos contra-ataques. Aos 25min, em saída errada do Xangri-lá. Choco deu um chapéu em Augusto e tocou para Jefinho, que na entrada da área tirou do goleiro, mas acabou finalizando para fora. Na jogada seguinte, Xu cobrou falta para o Xangri-lá e Wagner cabeceou por cima. Aos 30, Jefinho recebeu de Choco dentro da área, passou pelo marcador e chutou prensado, com a bola indo por cima do gol. Pouco tempo depois, em outro escanteio para o Xangri-lá, Jorge Mauá subiu sozinho e cabeceou para fora. Já aos 34min, após boa troca de passes do GAO, Marcelinho chutou de fora da área e a bola acabou indo para fora.

SEGUNDO GOL

Indo para o tudo ou nada, aproveitando o jogo parado para atendimento a um atleta do GAO, o técnico Duda resolveu colocar a sua equipe ainda mais para frente, realizando três substituições de uma só vez: saíram Iago, Vini e Jorge Mauá para darem lugar a Cássio, Laércio e Léo. Mas não deu tempo nem do trio tocar na bola e o GAO já fez o segundo gol.

Aos 37 minutos, Diego cobrou falta para dentro da área, a defesa do Xangri-lá desviou para trás e a bola acertou a trave. No rebote, Choco só teve o trabalho de empurrar para as redes, fazendo o 2 a 0 para o GAO. Depois do gol, o time de Osório administrou o resultado, confirmando a vitória após apito do árbitro.

FICHA TÉCNICA

Xangri-lá: Tiago Selau; Samuca (Juninho), Léo Bitencourt, Nunes e Iago (Cássio); Augusto, Gustavo (Nandinho), Xu e Wagner; Vini (Laércio) e Jorge Mauá (Léo); Técnico – Duda.

GAO: Presli; Lessa, Barão, Vinicius e Dodô; Jeferson, Diego, Marcelinho e Choco (João Fernando); Jefinho e Flávio Torres; Técnico – Ronaldo Bagé.

Arbitragem: Árbitro: Érico Andrade Carvalho; Auxiliares: Mateus Rocha e Felipe da Silva Pureza.

GOLS: GAO – Lessa (37min 1ºT) e Choco (37min 2ºT).

CARTÕES AMARELOS: Xangri-lá – Iago, Nunes e Cássio. GAO – Jefinho, Choco e Marcelinho.

CLASSIFICADOS

Com o resultado, o GAO chegou aos quatro pontos e garantiu vaga no mata-mata da competição. A equipe terminou em sétimo lugar, com a mesma pontuação do Aliança (Terra de Areia), mas levou vantagem nos critérios de desempate. Vale ressaltar que o Aliança terminou a primeira fase empatando os quatro jogos que disputou. O último empate foi o 0 a 0 contra o Mar Azul (Torres), jogando em casa. Esse resultado deixou o atual campeão na 5ª posição, com cinco pontos, mesma pontuação do sexto Farroupilha (Rolante), que acabou sendo derrotado pelo Serraria.

Em duelo disputado em Santo Antônio da Patrulha, os donos da casa venceram por 2 a 1, com gols de Ramon Reis e Vagner. Kojac fez o gol do Farroupilha. Com o resultado, o Serraria terminou invicto a primeira fase, em segundo lugar, com oito pontos. A melhor campanha ficou com o Central. Jogando em Caraá, após acordo com a Liga Serramar, o time derrotou o Tramandaí por 4 a 2. Clayton, Tony Jr (duas vezes) e Teixeira marcaram para o Central. E Pigmeu (duas vezes), descontou para o Tramandaí. Com o resultado, o Central chegou aos 10 pontos e poderá decidir em casa todas as partidas do mata-mata. Já o Tramandaí, em seu retorno a competição, terminou na lanterna, somando apenas um ponto em quatro jogos.

E, para fechar, no duelo dos desesperados, o Minuano (Capivari do Sul) derrotou o União da Vila (Arroio do Sal) pelo placar de 2 a 1, jogando em casa. O jogo seguiu empatado em 1 a 1, gols marcados por Maurinho (Minuano) e Maurinho (União), até que no último lance da partida, Jonathan fez o 2 a 1 para o time de Capivari. A vitória deixou o Minuano em 3º com sete pontos. Já o União, acabou sendo eliminado, terminando a competição em nono, com dois pontos ganhos e nenhuma vitória em quatro partidas disputadas. A seguir veja como terminou a classificação da primeira fase e os confrontos das quartas de final:

CLASSIFICAÇÃOPSGGM
Central (Caraá)10
Serraria (SAP)8
Minuano (Capivari do Sul7
Xangri-lá6
Mar Azul (Torres)52
Farroupilha (Rolante)51
GAO405
Aliança (Terra de Areia)402
União da Vila (Arroio do Sal)2
10ºTramandaí1
Legenda: P – Pontos; SG – Saldo de Gols; GM – Gols Marcados.

QUARTAS DE FINAL

Central (Caraá) Vs Aliança (Terra de Areia), Serraria (SAP) Vs GAO, Minuano (Capivari) Vs Farroupilha (Rolante), Xangri-lá Vs Mar Azul (Torres). Os jogos de ida estão marcados para o próximo domingo (29). Já as partidas de volta devem acontecer no dia 05 de novembro. Lembrando que as equipes com melhores campanhas na primeira fase decidem em casa os confrontos.