Municipal de Futsal conhece novos classificados para semifinais

Em jogo de viradas Santa Luzia derrotou o Bar de Munique por 5 a 4.

OSÓRIO – O Campeonato Municipal de Futsal está se encaminhando para o final da primeira fase. Na noite de segunda-feira (27), cinco jogos definiram mais alguns classificados para as semifinais da competição. No Feminino, duas partidas foram realizadas.

Pela chave A, o já eliminado Fênix Santa Luzia encarou o time do Mistério e saiu na frente no placar. Logo no início da partida, a bola foi lançada na área, a goleira Rosa não segurou e Aline só teve o trabalho de botar para as redes: 1 a 0.

Após o susto, o Mistério foi para cima e conseguiu a virada. Em boa troca de passes, Alessandra acertou um chute no ângulo para deixar tudo igual: 1 a 1. A virada saiu após jogadaça de Alessandra, que passou por duas marcadoras e, mesmo caída, chutou cruzado, a bola desviou em Ane e matou a goleira Ana Luiza: 2 a 1. Após saída errada do Fênix, Kaiandra só teve o trabalho de tirar da goleira e fazer o terceiro. Ainda no primeiro tempo, o Fênix conseguiu descontar. Depois de jogada individual de Juliana, Ane recebeu passe e em cima da linha só empurrou para o gol: 3 a 2.

Já na segunda etapa, logo na saída de bola, o Mistério voltou a ampliar a vantagem, em chute forte de Mariana no canto: 4 a 2. Porém, depois do gol, o Mistério parou de jogar e viu o Fênix o pressionar. Em cobrança de falta na entrada da área, Jenifer descontou para 4 a 3. A pressão da equipe de Imbé seguiu até que em uma jogada de pé em pé, Ane empurrou para o gol vazio, fazendo o 4 a 4. O Fênix ainda teve chances de virar a partida, mas o resultado final terminou mesmo em empate. O 4 a 4, além de eliminar o Mistério, confirmou a classificação de SKN e Eukifiz. Na última partida da chave, o Eukifiz enfrenta o Mistério, podendo até perder por um gol de diferença, que mesmo assim se classifica.

No grupo B, o Absolutas goleou o Vila Oz pelo placar de 5 a 0. O primeiro gol saiu em um contra-ataque. Dienifer tocou para Tais, que finalizou e parou na goleira Thai. Mas no rebote, a bola bateu em Juliana e entrou: 1 a 0 Absolutas. Já no segundo tempo, Alexsandra lançou na área, Juliana dividiu com Thai e a bola entrou: 2 a 0.

Após um bate-rebate na área, Kethelyn precisou chutar duas vezes para marcar o terceiro. Na sequência, Amanda passou por Ana Julia e mandou um chute no ângulo para fazer o quarto. No último lance da partida, em outro lançamento da goleira Alexsandra, Amanda tocou de cabeça para fazer o 5 a 0, dando números finais ao jogo. Com o resultado, o Absolutas, além de eliminar o Vila Oz, deixou a chave bem embolada. Com seis pontos em duas partidas, o Absolutas está em primeiro, três pontos a mais que Super Beach Soccer (dois jogos) e Flamengo (um jogo). Na última rodada haverá os seguintes confrontos: Super Beach Soccer Vs Flamengo e Absolutas Vs Flamengo.

SÉRIE PRATA

Pelo grupo B, Santa Luzia e Bar de Munique fizeram um jogo bem movimentado. Precisando vencer para ainda ter chances de classificação, o Santa Luzia enfrentou um adversário já eliminado, mas que deu bastante trabalho na partida. Depois de um começo ruim das duas equipes, a partida esquentou de vez.

Em cobrança de falta, Jonatas fez 1 a 0 para o Bar de Munique. Mas o Santa Luzia logo empatou com Leonardo, em chute forte no canto: 1 a 1. A virada saiu após chute de longe de Kito, que Canjica só desviou para matar o goleiro Bruno: 2 a 1. O Santa Luzia teve a chance de aumentar a vantagem, mas Leonardo desperdiçou o tiro-livre, parando em Bruno. Já no último lance do primeiro tempo, saiu o terceiro gol do Santa Luzia. Kito recebeu lançamento e tocou na saída do goleiro para fazer o 3 a 1.

Na segunda etapa, o Bar de Munique reagiu. Primeiro David limpou a marcação e acertou um chute no ângulo: 3 a 2. Na sequência, David fez jogada individual e tentou um passe, Leonardo foi cortar e chutou contra o próprio gol: 3 a 3. Em um lance de troca de jogadores, Nicolas (Santa Luzia) acabou levando o segundo amarelo e foi expulso. O Bar de Munique reclamou, pedindo que um jogador do adversário saísse de quadra, mas como o atleta expulso recebeu o cartão fora de quadra, o Santa Luzia seguiu com quatro jogadores de linha.

Passado o mal-entendido, o Bar de Munique chegou a virada. Em bela jogada, Jonatas recebeu de Lenon e com o gol vazio, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes: 4 a 3. Porém, poucos minutos depois, um lance mudou a partida. Bruno deu um pontapé em Vinicius no lado da quadra: falta, segundo amarelo e cartão vermelho para o goleiro do Bar de Munique. Após muita revolta da equipe, inclusive de Pará, que estava suspenso por ter sido expulso na partida anterior, o jogo seguiu com o camisa 10 Maike indo para o gol.

Precisando da virada, o Santa Luzia colocou Vinicius como goleiro linha e a vantagem numérica em quadra fez a diferença. No 5 contra 3, o Santa Luzia soube tocar a bola e Vinicius, com o gol vazio, empatou o confronto em 4 a 4. Mesmo com a volta do quinto jogador do Bar de Munique, o Santa Luzia seguiu com goleiro linha e chegou a virada. Após cruzamento na linha de fundo, Leonardo tocou de cabeça para fazer o 5 a 4.

Ainda teve tempo para Maike sofre falta dura de Leonardo, que acabou recebendo cartão amarelo. Mais uma vez, houve reclamação por parte do Bar de Munique, havendo expulsão de um membro da comissão técnica da equipe, além de invasão de quadra do atleta Pará. Pará por sinal, esteve nervoso com a arbitragem durante toda a partida, inclusive, por muitas vezes, xingando os árbitros, o que foi relato em súmula.

Após alguns minutos, Maike foi retirado carregado de quadra. E precisou esperar a ambulância, que só chegou ao ginásio da Vila Olímpica após o término do jogo. Com a partida recomeçada, o Bar de Munique cobrou a falta e o jogo foi encerrado, com vitória do Santa Luzia por 5 a 4. O resultado deixou o Santa Luzia com chances de classificação para as semifinais. Empatado com o Filler, com quatro pontos, a equipe precisa torcer que o Jaguaras (já classificado) derrote o Filler por pelo menos dois gols de diferença. Qualquer outro resultado, quem passará será o Filler.

SÉRIE OURO

Na Série Ouro, dois jogos definiram mais dois classificados para o mata-mata. Na chave A, o Sertão confirmou o primeiro lugar ao derrotar o Brasil Borússia. Precisando vencer para seguir vivo na competição, o Borússia começou para cima, obrigando o goleiro Jaisson a fazer boas defesas. E a pressão deu resultado. Após receber lançamento, Cafú tabelou com Dinho e bateu no canto para abrir o placar. O Borússia seguiu desperdiçando chances para ampliar a vantagem e acabou tomando o empate antes do intervalo. Após defesa do goleiro Emerson, Paulo Antônio pegou o rebote, matou no peito e encheu o pé para fazer o 1 a 1.

Na segunda etapa, após cobrança de lateral, Marcelo Carruíra acertou um chute forte, virando o jogo para o Sertão: 2 a 1. O Borússia seguia parando no goleiro Jaisson até que Patinho recebeu na entrada da área e escorou para Marcelo bater cruzado e fazer o 2 a 2. O jogo seguiu em aberto, até que Jaisson fez um lançamento para a área adversária, Dieguinho cabeceou para cima, o goleiro Emerson saiu errado do gol e Carruíra, de peito, só teve o trabalho de escorar a bola para o fundo do gol: 3 a 2 Sertão. Com a vitória, o Sertão chegou a sete pontos e confirmou a liderança do grupo. Já o Brasil Borússia, com um ponto conquistado, deu adeus ao Campeonato. Largados e Tróia decidem a outra vaga da chave, com o Largados jogando pelo empate para se classificar.

Sertão venceu Brasil Borússia por 3 a 2 e terminou em 1º na chave A da Série Ouro.

No grupo B, a Juventus precisava vencer o GAO por dois ou mais gols de diferença para se classificar. Qualquer outro resultado e quem avançaria era o time do Grêmio Atlético Osoriense (GAO).  A partida começou com a Juventus marcando pressão e o GAO após nos contra-ataques. E, quem saiu na frente foi a Juventus. Cristiano recebeu de João e tocou no canto para fazer 1 a 0.

O gol mudou a cara da partida, que ficou movimentada. Logo no lance seguinte, Matheus chutou do meio da quadra e deixou tudo igual: 1 a 1. Poucos minutos depois, Cristiano acertou um chute no alto, fazendo 2 a 1 para Juventus. Mas o GAO voltou a empatar, com o João Vitor, em chute no canto do goleiro.

A segunda etapa seguiu bem agitada. O GAO chegou a virada após um escanteio cobrado para trás, onde Marcelo chutou do meio da quadra para fazer o 3 a 2. Pressionando a saída de bola do GAO, João roubou a bola de Mário e tocou para Cristino fazer o terceiro dele na partida e o 3º gol da Juventus, deixando tudo igual no marcador novamente: 3 a 3.

Sem conseguir marcar, a Juventus viu o GAO fazer o quarto. Em jogada de pé em pé, Matheus acertou um chute rasteiro, fazendo 4 a 3. O gol esfriou os ânimos da Juventus, que, aos poucos, ia vendo a classificação ficar cada vez mais distante. Aproveitando a queda da Juventus, o GAO foi para cima e conseguiu mais dois gols. Forlán passou por Wesley e bateu no canto para fazer o 5 a 3. Já o sexto gol nasceu de um contra-ataque. Hyago recebeu passe de Forlán e chutou para fazer o 6 a 3, dando números finais a partida.

Com a vitória, o GAO chegou aos seis pontos e terminou em primeiro no grupo. Já a Juventus, ficou em último, sem nenhum um ponto conquistado. A vice-liderança da chave ficou com o Resenha/Nova Roma, que terminou com três pontos. Lembrando que o Villa Real, outra equipe do grupo, acabou sendo excluído da competição devido a irregularidade na inscrição de alguns atletas e, com isso, teve os seus jogos anulados.

GAO venceu a Juventus por 6 a 3 e terminou em 1º no grupo B da Série Ouro.

PRÓXIMAS PARTIDAS

QUARTA (29/11)

A partir das 19h e 30min – Filler Vs Jaguaras (Prata B), Super Beach Soccer Vs Flamengo (Feminino B), Tróia Vs Largados (Ouro A), Mistério Vs Eukifiz (Feminino A) e Absolutas Vs Flamengo (Feminino B).Os jogos acontecem no Ginásio A da Vila Olímpica (na Avenida Marcílio Dias, 850, no bairro Medianeira), com entrada gratuita. Lembrando que todas as partidas estão sendo transmitidas pelo canal do Youtube Lobtvsports. Vale ressaltar que as finais, marcadas para ocorrerem em 11 de dezembro, deverão acontecer no Ginásio Esportivo Rutílio Kestering (Cirão), na reabertura do Ginásio depois de muitos anos fechados.

Tudo sobre a definição dos demais classificados para as semifinais do Municipal de Futsal e os confrontos do mata-mata da competição você confere na edição de sexta-feira (01/12) do Jornal Momento.