PL que dispõe sobre o serviço funerário do município é retirado de votação

Projeto teve pedido de vistas durante Sessão realizada na terça (31/10). - FOTOS: Adriana Davoglio

OSÓRIO – O Plenário Francisco Maineri recebeu na noite de terça-feira (31/10), uma nova Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores. A Sessão contou com a presença dos nove vereadores: Charlon Muller, Ed Moraes, João Pereira e Lucas Azevedo do MDB; Luiz Carlos Coelhão, Maicon Prado, Ricardo Bolzan e Vágner Gonçalves do PDT; e Miguel Calderon do Progressistas.

Ao todo, foram aprovados 12 Pedidos de Indicação e um Projeto de Decreto Legislativo. Também foi aprovado o Projeto de Resolução no 008/2023. De autoria da Bancada do MDB, o texto acrescenta dispositivos a Resolução nº 004, de 30 de dezembro de 2014, com o objetivo de com a finalidade de adequar o Regimento Interno do Legislativo.

PEDIDO DE VISTAS

Presente na Ordem do Dia, o Projeto de Lei (PL) 058/2023, de autoria do Executivo, teve pedido de vistas solicitado pelo líder da Bancada do MDB, o vereador João Pereira. O PL dispõe sobre o serviço funerário do município. O texto seguirá sendo analisado e poderá voltar a votação em uma Sessão futura.

TRIBUNA LIVRE

Ainda durante a Sessão da Câmara, houve espaço para a Tribuna Livre. Dessa vez quem teve lugar para fala foi o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Osório (SSPMO), Jairo Pilar. Na ocasião, ele abordou a passagem do Dia do Servidor Público, celebrado em 28 de outubro, homenageando a categoria. Jairo ainda aproveitou para ressaltar a atuação dos servidores, que, segundo ele, “contribuem para o desenvolvimento do município”, resultando no crescimento da cidade, “fruto dos esforços coletivos”.

Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Osório Jairo Pilar falou na Tribuna Livre da Câmara de Vereadores.