Operários ficam feridos após queda de marquise

Obra que desabou estava sendo realizada no Centro de Capão da Canoa.

Um acidente na tarde de segunda-feira (9) deixou duas pessoas feridas em Capão da Canoa. Os homens estavam trabalhando na obra de um prédio, localizado na Avenida Rudá, no Centro do município, quando o beirado em balanço de uma laje acabou caindo. Os trabalhadores acabaram ficando presos em baixo dos escombros. Eles foram socorridos e encaminhados ao Hospital Santa Luzia, todos sem risco de morte. Segundo a Polícia, ao menos 17 pessoas estavam trabalhando no momento do acidente. Felizmente, não houve vítimas fatais.

Os agentes do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Brigada Militar (BM) foram acionados e isolaram o local. A obra foi isolada até a chegada da equipe da prefeitura do município, para a retirada de tapumes e demais materiais. Os Bombeiros ainda não conseguiram identificar a causa do acidente. A Polícia Civil está investigando o caso.

O QUE DISSE A EMPRESA

A Construtora Nolita, responsável pela obra, se pronunciou, por meio de nota:

“Apenas para informar que na medida do possível, estamos todos bem! Não foi uma laje que caiu, como informaram alguns veículos de comunicação, e sim o beirado em balanço da laje, não comprometendo absolutamente nada da estrutura. Dois prestadores de serviços tiveram escoriações leves e já foram liberados. Prestamos atendimento e acompanhamento a quem foi necessário. Agradeço imensamente as manifestações de preocupação e carinho por nós. Na medida necessária estaremos atendendo e reparando os danos financeiros a quem for o caso. Mais uma vez obrigado a todos. Atenciosamente Jonatas Pereira”, terminou a nota escrita por um dos sócios da Construtora Nobilita.

Foto: Divulgação